A crer na crítica de Javier Pérez de Alvéniz – particular atenção no título – o entretenimento televisivo na TVE anda pelas ruas da amargura. E, porque não dizê-lo, também a criatividade da escrita do autor do El Descodificador.

Advertisements