Um grupo de jornalistas israelitas renunciou ao estatuto de membro na Federação Internacional dos Jornalistas.

Acontece depois da FIJ recusar retractar-se da condenação aos bombardeamentos israelitas à estação de tv Al-Manar, ligada ao Hezbollah.

Advertisements